terça-feira, 29 de julho de 2014

CRÍTICA À EDUCAÇÃO BRASILEIRA*



Conceição do Jacuípe-BA,  13 de Junho de 2014.


Excelentíssima Presidenta do Brasil Sra. Dilma Rousseff,


Sou um cidadão de 38 anos, pai de família, professor do Fundamental I, casado e no momento desempregado. Domiciliado no interior da Bahia, na cidade de Conceição do Jacuípe, venho enquanto cidadão, patriota desta Terra adorada da qual Deus lhe concedeu a honra de governar, fazer-lhe alguns questionamentos a respeito da Educação Brasileira nestes últimos tempos. Espero sinceramente que se digne em respondê-los, afinal lhe confiei meu voto na última eleição para a presidência do Brasil acreditando que uma das suas prioridades fosse a Educação e, enquanto educador, até a presente data meus anseios não foram atendidos.

Por onde será que devo começar, Excelentíssima? Pela desvalorização do professor ou pela estrutura precária da maioria das escolas públicas brasileiras, onde as fachadas escondem alunos desmotivados, professores desqualificados, um sistema de promoção automático que tem como objetivo comprometer o aprendizado dos alunos durante toda sua vida acadêmica?

Será que a Excelentíssima já parou para pensar que por conta dos baixos salários oferecidos aos professores no Brasil, poucos jovens seguirão a carreira e tão logo o educador se tornará algo em extinção? Não é possível ainda que não tenha percebido que muitos professores deixam a profissão em busca de melhores salários.

Difícil aceitar que tenhamos que passar quatro anos em um curso de graduação dentro de uma Universidade Pública, e muitas vezes o dobro disso, já que temos que abandonar alguns semestres para trabalhar a fim de manter nosso sustento; mais alguns anos em pós-graduação, mestrado, doutorado... e ainda assim não conseguimos ganhar nem um terço daquilo que alguns políticos analfabetos ganham pelo país afora. Perdoe-me se me expressei mal, Excelentíssima, sei que não é o vosso caso e não pretendo ofendê-la, apenas desabafar minhas  mágoas.

De fato, não posso negar que o Governo Federal tem desenvolvido alguns programas que visam construir uma Educação mais igualitária no país, como o acesso às universidades públicas através do ENEM, SISU ou PROUNI. No entanto, as academias não possuem ainda estrutura para sediar determinados cursos, a exemplo do curso de Língua Estrangeira que nem sequer tem um laboratório e ainda recebe os alunos pressupondo que já leem, escrevem e falam uma determinada língua e, ao invés de incluí-los, acabam excluindo-os de todo o  processo.

A Educação Básica possui distribuição de livros didáticos, mas a maioria dos alunos não os recebem; existe um programa que visa manter os alunos na escola em tempo integral, no entanto as escolas não são adaptadas para atender a esta demanda. Sei também da falta de interesse da maioria dos alunos em estudar. Parece que muitos vão à escola apenas para ver amigos, comer, merendar, namorar, bagunçar e obter diploma. Mas será, Excelentíssima, que o problema não está na forma que esta Educação é oferecida? Acho que uma das propostas  do seu governo deveria ser a de identificar as falhas na Educação brasileira a fim de reverter este quadro de forma significativa, abandonando as estatísticas quantitativas para as qualitativas em relação ao número de pessoas alfabetizadas no nosso país.

Espero que me perdoe pela ousadia, mas pense bem em meus argumentos, quero poder ver a Educação do meu país dando frutos de qualidade. Desejo ver a mim mesmo e meus colegas de trabalho satisfeitos com o que recebem e tudo isso de maneira muito urgente. Tenho certeza que ainda há tempo da Vossa Excelência  deixar gravado seu nome no quadro da Educação do Brasil.

Grato,


Sandro Guimarães da Mata
Aluno de Letras com Língua Inglesa
Universidade Estadual de Feira de Santana 

* O texto publicado foi apresentado com trabalho requerido pela disciplina Política e Gestão Educacional, do Curso de Licenciatura em Letras com Língua Inglesa, da Universidade Estadual de Feira de Santana.

3 comentários:

  1. Texto perfeito!!! Você simplesmente Sandro me representou com suas palavras.
    Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  2. Excelente sua abordagem!! Penso que é o anseio de todo profissional que trabalha na educação!!

    ResponderExcluir
  3. Realmente vc nos representou e fez muito bem, maravilhoso!!!
    PARABENS! VC É 10
    FIQUEI ATE EMOCIONADA.

    ResponderExcluir

As mais visitadas postagens da Graduando

Graduandantes