segunda-feira, 19 de março de 2012

Cordel de Machado de Assis


Por Janilúcia Silva dos Santos*

Na Quinta do Livramento
Lá no rio de Janeiro
Em 21 de junho nascia
Nosso ilustre brasileiro
No ano de 1839
Conhecido no mundo inteiro.

Joaquim Maria Machado de Assis
Este era o nome seu
Mulato, de origem humilde
Garoto pobre muito sofreu
Saúde frágil, epiléptico
Foi a vida que viveu.

(...)

Bem pequeno ficou órfão
Da sua mamãe querida
Foi o seu pai logo depois
Uma machadada na vida
A madrasta Maria Inês
Deu-lhe pão e guarida.

Para amenizar o sofrimento
Na missa ia ajudar
Na igreja da Lampadosa
O latim veio estudar
Aprendeu francês, inglês
Até o alemão veio a falar.

(...)

Veio de uma família pobre
Persistente e esforçado
Teve aos 16 anos
O poema “Ela” publicado
O trabalho literário
Sempre deixou empolgado.

Da infância pouco se sabe
Menino gago lutador
Criado pela madrasta
Foi caixeiro e vendedor
Mesmo sem escola regular
Machadinho se consagrou.

(...)

Em 1864
1º livro de poesia publicou
Mas a vida outra vez
Um golpe lhe acertou
E para a eternidade
Seu amigo Faustino levou.

No ano de 1866
No Rio Carolina chegou
Irmã do amigo Faustino
Logo o cupido flechou
E a vida de Machado
Sol, risos, poesia se tornou.

Lutou contra o preconceito
E conquistou logo a menina
O típico homem de letras
Casou-se com a Carolina
Brasileiro bem sucedido
Escritor de boa sina.

Com a musa Carolina
Exercitou o seu amor
Casamentos de 35 anos
Viveu um romance alentador
Buscando a felicidade
Sua vida se transformou.

Sua união foi muito feliz
Mas filho não chegou
Com a morte da esposa
O sofrimento voltou
Fez o soneto “Carolina”
E a sua amada celebrizou.

(...)

Como tudo na vida passa
Machado também passou
E em 29 de setembro de 1908
A Academia de Letras enlutou
Com a morte de Machado
Mas sua obra-prima ficou.

Foi saudado por Ruy Barbosa
Morre o grande escritor
Com certeza ele está
Nos braços do seu amor
Foi embora o magistrado
Mas Machado se eternizou.

No cenário universal
Orgulhando nossa gente
100 anos sem Machado
E ele sempre presente
O grande gênio da Literatura
Do Ocidente ao Oriente.

No céu brilhou uma luz
É Machado a festejar
EEUU, maior potência do mundo
Um negro eleito vai governar
Até que enfim o PRECONCEITO
“Barack Obama” vai destronar.

*Janilúcia Silva dos Santos é graduada em Letras Vernáculas pela UEFS

sexta-feira, 16 de março de 2012

Edital de submissão de trabalhos para a quarta edição

Sim, Graduandos, é isso mesmo: está aberta a submissão de artigos e resenhas para a quarta edição da Revista Graduando! Nesse link vocês podem ver todos os detalhes. Não percam a oportunidade e não se esqueçam que o prazo vai até 22/04!

Esperamos sua contribuição!

As mais visitadas postagens da Graduando

Graduandantes