terça-feira, 27 de dezembro de 2016

POEMAS

Por Rejane Aquino*


FESTEJO

Para: Marcelo Amaral


Querido, Natal!
Nele os presentes...
Presentes, presentes
e, também, ausentes.

Há risos e alegria nas caixas .

Em breve, o amigo secreto.
Quero o melhor!
Se eu não ganhar,
ainda resta a ceia.

Comida, comida, mais comida
e minha alma, continua vazia...

Há várias perdições na mesa,
quero todas!

Minha família festeja,
disfarçando dores.
Há maquiagem!
É tempo de natal.

Chove.
Há um mendigo faminto,
lá fora.
Mas o que importa?
Faltam treze minutos
para Papai Noel chegar,
mais presentes.

A noite segue...

Feliz aniversário, Jesus!


________________________________________________________________


Por Rejane Aquino* e Romildo Alves**




.










* Rejane Aquino é formada em Letras pela Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), professora e poeta.
** Romildo Alves é cordelista cursa Letras Vernáculas na UEFS.

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

SOBRE SER POESIA II

Por Rejane Aquino*


Sejamos poesia farol, 
Poesia ponte, 
Abrigo, 
Flecha, 
Oceano, 
Abraço, 
Poesia equilíbrio, 
Fuga e libertação. 
Poesia liberdade 
Para horizontes cansados... 
Que sejamos poesia vertical, 
Eterna e valsada 
Como nuvens que desaguam concretudes 
Em abismos vagos: 
Poesia libertária.


* Rejane Aquino é formada em Letras, professora e poeta.

As mais visitadas postagens da Graduando

Graduandantes